Control Quality

Facebook

Descoberta proteína que participa da calvície masculina

Categorias:

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia descobriram que níveis elevados de uma proteína, chamada prostaglandina D sintetase, nas células dos folículos pilosos localizados em regiões calvas do couro cabeludo, mas não nas zonas com cabelos, pode ser uma das explicações para a queda de cabelo masculina. O papel da testosterona e de fatores genéticos continua sendo essencial na alopécia androgenética.
O estudo, publicado na revista Science Translational Medicine, talvez revele uma possibilidade para o desenvolvimento de novos medicamentos para o tratamento da alopécia androgenética.
Segundo George Cotsarelis, coordenador do trabalho, a pesquisa mostrou que a proteína prostaglandina D sintetase está elevada no couro cabeludo calvo dos homens e que ela inibe o crescimento de cabelos. Ratos geneticamente modificados para ter níveis elevados dessa proteína ficaram completamente carecas.
Os cientistas também mostraram que pelos de folículos pilosos humanos transplantados pararam de crescer na presença da proteína. A inibição do crescimento do cabelo é desencadeada quando a proteína se liga a um receptor nas células dos folículos pilosos.
Os investigadores dizem que há potencial para o desenvolvimento de um tratamento que pode ser aplicado no couro cabeludo para prevenir a calvície e possivelmente ajudar no crescimento dos cabelos.
FONTE: Science Translational Medicine

LEIA TAMBÉM: