Control Quality

Facebook

Anastrozol pode reduzir o risco de câncer de mama

Categorias:

Um estudo feito na Universidade Queen Mary (Londres) com 4 mil mulheres, publicado na revista Lancet, mostrou que o uso da droga anastrozol pode reduzir em mais da metade a probabilidade de desenvolvimento de câncer de mama em pacientes de alto risco. O anastrozol se mostrou mais eficaz e apresentou menos efeitos colaterais que os medicamentos usados normalmente nesses casos.
Mulheres com história de câncer de mama na família foram divididas em dois grandes grupos. No grupo de 2 mil mulheres tratadas com anastrozol, apenas 40 desenvolveram o câncer. No outro grupo de 2 mil, o que não recebeu a droga, foram 85 os casos de câncer. Não houve registro de efeitos colaterais devido ao medicamento. Essa é uma grande vantagem, pois o tamoxifeno e o raloxifeno, os dois fármacos mais utilizados nesse tipo de câncer, aumentam o risco de câncer de útero e trombose venosa profunda. No entanto, o anastrozol só é efetivo em mulheres após a menopausa, pois ele não impede a produção de estrógeno em ovários ativos. Em mulheres férteis o tamoxifeno ainda é a melhor opção.
FONTE: DIÁRIO CATARINENSE

LEIA TAMBÉM: