Control Quality

Facebook

Estudo encontra no café proteína com efeito analgésico

Categorias:

Sob a coordenação do pesquisador Carlos Bloch Júnior, o estudante Felipe Vinecky descreveu as propriedades das moléculas em sua tese de doutorado, desenvolvida no Departamento de Biologia Molecular da Universidade de Brasília (UnB) e na Embrapa. Ele identificou os peptídeos quando procurava genes de café associados à melhora na qualidade do produto, num projeto da Embrapa com o Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (Cirad, na sigla em francês).
Os fragmentos de proteína peptídeos presente no café tem efeito similar ao da morfina, apresentando qualidades analgésicas e ansiolíticas. Os efeitos da substância duraram seis vezes mais. Os experimentos foram feitos com camundongos e durante os testes não foram registrados efeitos colaterais, enquanto a morfina pode causar, entre outros problemas, a dependência, de acordo com Vinecky. Os fragmentos da proteína podem ser usados não só para evitar dor, como também regulam a ansiedade, ajudando até a emagrecer — acrescenta o especialista.
Fonte: O Globo

LEIA TAMBÉM: